JB Xavier

Uma viagem ao mundo mágico das artes!  A journey into the magical world of  the arts!

Textos

ECOS
JB Xavier
 
Caminho em frente no laço lasso
Por descaminhos de um mundo imundo
E vou a fundo, e me aprofundo
Buscando sempre no abraço o braço...
 
E se ultrapasso meu próprio passo
Se nauseabundo sou vagabundo
E se iracundo não sou fecundo,
É o meu compasso que em mim trespasso...
 
Quem pela terra sorrindo erra,
Quem do seu erro não faz desterro,
Quem pela vida consegue e segue,
 
A mágoa encerra mas não descerra
O desemperro de ser um perro,
Que a si persegue sem que assossegue.
 
* * *

 
JB Xavier
Enviado por JB Xavier em 28/05/2012


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras